Contabilidade Consultiva

10 dicas para melhorar a oratória para contadores

15 set

A oratória para contadores é um dos passos fundamentais para se tornar um contador de sucesso. A habilidade de falar bem e se comunicar de forma simples, clara e objetiva com clientes e stakeholders transmite autoridade. Por isso, é algo que o profissional precisa desenvolver. Mas o que é oratória?

Estratégias de marketing digital para você aplicar em seu escritório contábil

Neste kit, você encontrará métodos que te ajudarão a vender seus serviços contábeis. Desde o Marketing Digital (emails e redes sociais) até métodos de proposta!

A oratória é uma técnica que objetiva transmitir conhecimento ao público de forma estruturada e fluida. Com ela, o orador consegue prender a atenção dos ouvintes com o discurso e estimular ações. É uma habilidade que pode ser aprendida, treinada e aprimorada. 

Ficou interessado? Apresentamos neste post 10 dicas para melhorar a oratória para contadores!

A importância da oratória para contadores

A oratória para contadores é uma habilidade única que contribui para o sucesso profissional. Em outra oportunidade, explicamos um pouco sobre marketing pessoal, lembra? Essa estratégia focada na promoção pessoal se utiliza de ferramentas do marketing tradicional para promover o nome e a imagem de um profissional. Isso fortalece a reputação do indivíduo e o transforma em autoridade ou referência. E o que isso tem a ver com oratória?

Ela é uma forma de criar e solidificar sua marca pessoal, que é também um dos objetivos do marketing pessoal. Então, para que você comece a entender como a oratória para contadores funciona, podemos tomar esse ponto de partida.

Mas, já de pronto, adiantamos que personal branding e marketing pessoal são coisas diferentes. Enquanto o primeiro diz respeito a gerenciar aquilo que torna um profissional único no mercado, o segundo atende às necessidades dos interlocutores e aumenta a potência da marca pessoal. A oratória atua nos dois conceitos, mas auxiliando a objetivos diferentes.

Pense em momentos importantes da sua vida profissional. Em todos eles, a imagem que você transmitiu certamente interferiu nos resultados. Nem sempre, a capacidade técnica será mais valorizada do que outras habilidades. Mostrar-se seguro, equilibrado e confiável é mais importante em muitos momentos. 

E é exatamente isso que a oratória para contadores trabalha: facilitar a expressão do você tem para dizer. Diante de um empresário, seu novo cliente, você deve traduzir para a linguagem gerencial os documentos contábeis. A comunicação é, assim, crucial para que ele veja valor em seu trabalho. Ao invés de números, você mostra informação que subsidia a tomada de decisões. 

Por isso, mais do que desenvolver e aprimorar as hard skills (know how técnico), você deve investir nas soft skills, nas quais se inclui a oratória. Desenvolver oratória para contadores também é importante por outros motivos, como:

  • Aumentar a credibilidade: uma pessoa que consegue argumentar e posicionar bem suas ideias é mais ouvida, compreendida e admirada. Ter o maior embasamento técnico do mercado sem conseguir se expressar bem não adianta, porque a credibilidade não é transmitida. A oratória para contadores é, assim, um ponto a favor do profissional, porque consegue transmitir confiança em seu trabalho e em seu conhecimento.
  • Dominar a linguagem corporal: a oratória também é uma habilidade que desenvolve a linguagem corporal, que expressa muitas coisas ao interlocutor de forma consciente ou inconsciente. Um orador bem treinado consegue direcionar o discurso para que a fala e o corpo (mãos, olhar, postura e expressões faciais) trabalhem na mesma direção. 
  • Eliminar o medo de falar em público: a partir do domínio das técnicas, o orador se sente mais autoconfiante, o que deixa de lado os medos de se expor perante outras pessoas. Considerando que o medo limita bastante, superá-lo traz um impacto muito positivo na vida profissional, como aproveitar e criar mais oportunidades na carreira.
  • Aumentar a habilidade de improvisar: as técnicas de oratória, quando bem desenvolvidas, possibilitam o profissional falar sem preparação prévia. Isso significa improvisar um discurso quando necessário, e não “enganar” as pessoas com um discurso vazio.
  • Melhorar os relacionamentos profissionais: com uma comunicação certeira, as partes da relação conseguem se compreender, o que evitam conflitos comuns causados por ruídos.

A oratória e o exercício da liderança

Um bom motivo para investir em oratória para contadores é a possibilidade de essa técnica impulsionar a carreira do contador. Isso ocorre porque a boa comunicação é uma característica imprescindível para líderes e para se destacar da concorrência.

Imagine que você está “disputando” um cliente com outro escritório contábil. Se você conseguir posicionar bem suas ideias, com confiança e credibilidade, é provável que ele o escolha para cuidar dos negócios

Agora imagine a gestão de seu próprio escritório contábil. Quando o assunto é gestão de pessoas, o exercício da liderança é fundamental, certo? E uma das características de um bom líder é exatamente a comunicação eficiente. Ela só é alcançada com poder de convencimento, autoconfiança para expor ideias e controle emocional sejam treinadas e desenvolvidas. 

Uma pesquisa da Gatehouse de 2018 (“State of the Sector – Internal Communication & Employee Engagement”), feita com organizações de 70 países, revelou que 70% dos entrevistados acreditam no poder da comunicação interna qualificada em cargos de liderança. Mais de 30% entendem que uma das prioridades das organizações deve ser a comunicação de seus gestores.

Ao mesmo tempo, um estudo mais antigo, do jornal inglês Sunday Times, apontou que quase metade dos entrevistados têm medo de falar em público. É o atestado da falta de autoconfiança para expor ideias.

Se você unir esses dois dados, verá que o caminho para a liderança não é tão concorrido, porque quase metade das pessoas não conseguirá percorrê-lo. Falta a habilidade de se expor em público, de se comunicar bem diante de outras pessoas. 

Um bom líder precisa dominar as habilidades de oratória para performar a liderança. Isso interfere positivamente em sua reputação no ambiente de trabalho e no mercado. Portanto, atente-se bem à sua fala e à linguagem corporal (gestos, postura e micro expressões faciais).

Dicas para desenvolver e melhorar a oratória para contadores

Dicas para desenvolver e melhorar a oratória para contadores

Se você tem dificuldades para falar em público ou para produzir um bom discurso, é uma ótima ideia aprimorar a oratória para contadores. Felizmente, essa é uma técnico possível de ser aprendida e desenvolvida.

Ao colocar essas dicas em prática, você será capaz de adaptar a linguagem técnica da Contabilidade para uma linguagem que interlocutor compreenderá perfeitamente. No caso de escritórios contábeis, com clientes empresários, seu “contabilês” se tornará uma linguagem gerencial, sempre adaptada à realidade do cliente.

Veja a seguir 10 dicas para melhorar a oratória para contadores.

Domine o assunto

Falar bonito sem argumentação plausível só serve para enrolar seu público. E isso não é nada eficaz quando o assunto é lidar diretamente com colegas de trabalho, clientes e outros stakeholders. Por isso, a primeira dica da oratória para contadores é dominar o assunto e entender sobre o que se fala.

Além de auxiliar na compreensão do interlocutor, o domínio sobre o tema é sinônimo de credibilidade. Estude bastante para ser capaz de explicar questões em caso de dúvidas e não ficar em apuros.

Conte histórias

O storytelling ou a contação de história é um importante recurso do marketing, pois histórias aproximam as pessoas ao gerar empatia. Se uma pessoa se identifica com o que você está falando, há maior chances de ela compreender e prestar atenção no que está sendo dito. A narrativa, afinal, é muito mais interessante.

Se você não sabe como fazer isso, recomendamos algumas palestras do TED Talks, no YouTube. O storytelling está presente em massa.

Capte a atenção do interlocutor desde o começo

Uma comunicação bem recebida é fundamental para seu sucesso. Para tanto, você precisa captar a atenção das pessoas logo de cara e fazer com que os interlocutores acompanhem seu raciocínio desde o início. 

Isso criar uma abertura impactante, mas também ajuda a cumprir o objetivo da oratória para contadores: transmitir conhecimento. Inclusive, quem adota o storytelling costuma começar seus discursos de forma bem impactante!

Adapte-se ao público

Um residente de Belo Horizonte há muitos anos sabe o que é a Rua do Amendoim, no Bairro Mangabeiras. Imagine que esse é você. Só que você foi dar uma palestra sobre os pilares da Contabilidade Consultiva no Rio de Janeiro e fez uma piada com essa rua. E foi um desastre, porque um carioca não faz ideia do que é a Rua do Amendoim. 

Esse é só um exemplo de que a oratória para contadores pressupõe um discurso adaptado ao público. Preste atenção aos regionalismos, ao comportamento cultural do local, à idade e ao momento. Tudo isso deve interferir na hora de preparar seu discurso.“Sinta” quem é seu público.

Sincronize sua comunicação de forma global

Falar em público ou para uma única pessoa precisa obedecer a uma regra da oratória para contadores: comunicação sincronizada. Além da sua voz, você possui um “corpo falante”, com gestos, posturas e expressões faciais que ajudam a passar a mensagem. 

Tudo isso interfere na atenção do interlocutor, pois passam impressões sobre sua personalidade. A forma como você se posiciona em um palco ou em uma sala diz muito sobre você. Caminhar é uma boa estratégia para se acalmar e para “explorar” o público em diferentes pontos.

O contato visual também é fundamental, pois transmite confiança e reafirma o que foi dito. As mãos, preferencialmente, deve permanecer unidas frente ao corpo, pois passa imagem de tranquilidade e segurança sobre o que será dito. Portanto, tenha cuidado com o excesso de gestos.

Pratique a dicção

Se estamos falando de oratória para contadores, precisamos reforçar essa dica de praticar a dicção. A informação, para ser transmitida de forma clara, depende disso. As palavras devem ser ouvidas e interpretadas da maneira correta. 

Para tanto, fale pausadamente, respire na hora certa, e dê entonação às palavras e frases. Você pode moderar ou intensificar o tom de voz se quer passar diferentes a impressões, como descaso ou fortalecimento de um ponto de vista. 

Uma boa dica é se alongar antes de falar e aquecer a voz.

Aja naturalmente

Imagine que você se inscreveu para um congresso para fazer networking. Ao assistir à palestra de um colega, percebeu que ele ficou lendo o smartphone o tempo todo. É estranho, certo? Ele não demonstra tanta credibilidade nem naturalidade com a apresentação.

Agir naturalmente é muito importante para transmitir segurança. E isso significa também não exagerar em vícios de linguagem ou movimentos involuntários costumeiros, como ajeitar o cabelo ou coçar a cabeça. Isso tira a atenção do público.

Acerte no tamanho, no ritmo e na entonação

Uma dica importante para melhorar a oratória para contadores é acertar na estrutura do discurso. Você pode estar falando com uma pessoa ou para mil ouvintes, não importa. A comunicação será eficaz se você tiver um discurso de tamanho adequado, com uma linha de raciocínio bem definida e objetiva.

Além disso, a síntese das ideias deve vir acompanhada com um ritmo normal e um entonação confortável. Nada de falar muito baixo ou muito alto, ou falar rápido ou devagar demais. Para evitar isso, faça alguns exercícios de aquecimento vocal e de respiração antes de se expor em público.

Se estiver falando com seu cliente e se exaltar ou se perder, peça desculpas e recomece. Não deixe ruídos. 

Exponha com inovação

As palavras e a linguagem corporal são muito importantes na oratória para contadores. Mas felizmente podemos nos valer de recursos tecnológicos para prender a atenção dos ouvintes. A famosa apresentação de slides, as dinâmicas ou outros recursos inéditos podem dar dinâmica à sua palestra, por exemplo. A dica aqui é inovar para despertar o interesse das pessoas.

Esteja preparado para contratempos

Falar em público nem sempre é perfeito. Na verdade, as chances de acontecer algum erro é quase 100%. Um dia que você se sente mal ou ansioso pode fazer com que sua apresentação seja um desastre. Uma piada mal colocada ou a falta de reação pode desestabilizar o orador.

Por isso, atente-se à nossa última dica de oratória para contadores: prepare-se para contratempos. Ao invés de se apavorar com as possibilidades de erros, prepare-se para eles. Pense no que pode sair do planejado e crie um plano B para aumentar a sua segurança.

O resultado da aplicação da oratória para contadores é excelente e envolve, inclusive, a ampliação da carteira de clientes. Por isso, encontre formas de desenvolvê-la ao máximo para transmitir credibilidade e autoridade no mercado. Assim, você será um profissional diferenciado!

Quer conhecer outras maneiras de desenvolver suas soft skills e se diferenciar no mercado? Veja como ser um consultor contábil de destaque!

Deixe um Comentário

>
>