Contabilidade Consultiva

A importância da contabilidade para as empresas

23 nov

Para nós, contadores, falar da importância da contabilidade para as empresas é o mesmo que falar da relevância da nossa profissão. No entanto, se abordamos o tema com pessoas fora da área, a conversa muda de figura. Isso porque somos vistos como grandes burocratas, os profissionais responsáveis pelos números chatos e análises que não trazem impacto direto. O ponto central é que nossa fama não é nada boa.

O guia completo para você se adaptar às mudanças do mercado contábil

Entenda quais habilidades você deve desenvolver para se manter competitivo no mercado e como usar a tecnologia a seu favor.

E como rebater esse argumento? Esclarecendo o verdadeiro papel da ciência contábil. Demonstrando a modernização da contabilidade. Para isso, é preciso ter clareza sobre o conceito e a importância da contabilidade, bem como as rotinas que essa ciência assume em um negócio. E, o mais relevante, demonstrar como o contador pode transformar positivamente a realidade de uma empresa.

No post de hoje, abordamos todos esses tópicos.

Vamos lá?

O que é contabilidade?

O que é contabilidade?

A contabilidade é, na prática, a ciência da riqueza. Para os teóricos importantes dessa área de conhecimento, é uma ciência ou serviço social que estuda e coloca em prática funções de registro e controle relativas a atos e fatos da Economia e da Administração. De forma específica, estuda e controla o patrimônio  das empresas por meio de registros contábeis dos fatos e suas respectivas demonstrações de resultados produzidos.

Por isso, é fundamental para empresas de todo o porte. A contabilidade é a ciência que auxilia no processo de administração de um negócio, tendo papel crucial na tomada de decisões. Com informações e relatórios que somente um contador pode compreender, o empresário sozinho nada faria com dados tão relevantes. 

Assim, em uma definição moderna de contabilidade, falamos que é a ciência da riqueza. Ou, em outras palavras, o instrumento auxiliar na administração empresarial e na tomada de decisões. 

Disso, é possível imaginar o papel e a importância da contabilidade.

Qual o papel da contabilidade?

A contabilidade pode assumir vários papéis. O primeiro deles se relaciona a seu objetivo, que é fornecer informações econômicas para governos, fornecedores, bancos, investidores, funcionários e sindicatos. Cada grupo principal de usuários dessas informações poderá, a partir delas, avaliar a situação econômica e financeira da empresa e fazer inferências sobre suas futuras tendências.

Essas informações envolvem contas a pagar e a receber, patrimônio, etc. A partir disso, são geradas as demonstrações contábeis, tais como Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados e Demonstração de Origens e Aplicação de Recursos.

Existem também dados que não são facilmente indicados nas demonstrações contábeis. É o caso de mudança de critério contábil, taxas de juros, e taxas de depreciação do ativo imobilizado. Esses dados são demonstradas nas Notas Explicativas, mas também fazer parte do papel da contabilidade.

A partir dessas informações relevantes (que podem parecer mera burocracia), a contabilidade assume seu papel mais impactante, porém menos conhecido: a ciência da riqueza. Um bom contador utiliza todos esses dados para analisá-los dentro de um contexto gerencial. Após compreendê-los, repassa ao empresário, em linguagem acessível, como eles influenciam no negócio.

É neste ponto que a contabilidade assume o papel de instrumento necessário no processo de tomada de decisões de pequenos e grandes negócios. Em suma, os dados econômicos são coletados, mensurados monetariamente, registrados e organizados em formas de relatórios ou comunicados para o empresário. Munido dessas informações, ele traça as melhores estratégias para o negócio.

Podemos dizer, assim, que o papel da contabilidade é medir os resultados das empresas, avaliando o desempenho dos negócios, e, a partir daí, dar diretrizes para as tomadas de decisões.

Qual a importância da contabilidade para as empresas?

Qual a importância da contabilidade para as empresas?

Imagine que sua amiga tenha uma ideia genial de negócio, estudou o mercado e já iniciou um planejamento estratégico para abrir uma empresa. Na mesa do bar, em pleno sábado à noite, ela vira para você e pergunta: “Por que eu preciso de um contador para meu negócio?”. De forma bastante paciente, você precisará explicar a ela sobre a importância da contabilidade para as empresas. Em outras palavras, o que você pode fazer por aquele negócio.

Em primeiro lugar, você deverá lembrar que a fama do contador não é nada boa. Essas perguntas surgem, porque a sociedade tem a imagem de um profissional que apenas emite guias e realiza tarefas repetitivas, sem valor. E atualmente, com a contabilidade digital assumindo essas atividades, se tornou ainda mais difícil defender esse burocrata. E aqui é o ponto central: demonstrar a importância da contabilidade como uma ciência da riqueza, parceira do negócio.

Para que ela entenda o valor da contabilidade, você também deve saber como demonstrá-lo na teoria. E a forma mais fácil é ilustrar duas situações: um profissional que apenas realiza as atividades básicas e entrega um relatório contábil indecifrável, e outro contador que, a partir do relatório contábil, inicia seu trabalho.

No segundo caso, está o verdadeiro papel e a importância da contabilidade para as empresas. Esses relatórios contábeis contêm informações muito relevantes para o empresário. É sua função traduzi-las em linguagem e ações que ele compreenda. É, em outras palavras, transformar informações contábeis em relatórios gerenciais. Mais uma vez, a importância da contabilidade fica evidente: subsidiar a tomada de decisões.

Por meio da ciência da riqueza, o empresário pode conhecer o valor de seus ativos e passivos, ter visibilidade sobre receitas, custos e despesas, conhecer a rentabilidade e a lucratividade do negócio, entender a produtividade da mão de obra. Com esses dados, pode realizar um bom planejamento estratégico e tributário.

Quais são as rotinas de contabilidade?

Quais são as rotinas de contabilidade?

A importância da contabilidade para as empresas abrange as rotinas relacionadas às obrigações acessórias, o planejamento financeiro e o planejamento estratégico. O contador é responsável pelo departamento fiscal e contábil, que envolve a transmissão de obrigações. Elas, por sua vez, dependem de informações contábeis corretas coletadas em notas fiscais, relatórios financeiros e extratos bancários.

Para além dessa atividade mais mecânica, o contador também tem a rotina de gerar relatórios ou demonstrativos gerenciais para a tomada de decisão dos gestores. Veja a seguir as principais rotinas.

Organização do controle financeiro

O controle financeiro, seja para empresas de pequeno porte ou grandes organizações, é um ponto bastante sensível. Principalmente em negócios menores, é uma das maiores dores do cliente. Vê-se, com frequência, confusão entre as finanças da pessoa física e da pessoa jurídica, inadimplência de clientes que podem comprometer o capital de giro, ou uma simples desorganização financeira. Todas essas situações podem comprometer a saúde financeira da empresa.

Felizmente, essa é uma das rotinas que o contador assume. É uma atuação estratégica, porque deixa a empresa em condições de operar com sustentabilidade. É mais um retrato da importância da contabilidade. 

Com o controle financeiro organizado pelo contador, as empresas possuem mais condições de contratar empréstimos e financiamentos quando necessário. Não só o controle financeiro, mas uma contabilidade bem organizada e estruturada, com os relatórios contábeis em dia e com informações corretas.

Se a empresa quer adquirir um carro em seu CNPJ, poderá pedir um financiamento. No entanto, os bancos solicitam, antes de conceder crédito, relatórios contábeis, como Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício ou Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados. É preciso ter organização financeira e contábil em todas as situações deste tipo. Por isso, a importância da contabilidade se torna cada vez mais evidente.

Auxílio no controle de fluxo de caixa

Outra rotina de contabilidade relacionada à organização financeira é o auxílio no controle de fluxo de caixa. Ele retrata a importância do contador para a empresa. O empreendedor que se inicia na gestão financeira se depara primeiramente com um relatório de fluxo de caixa. Mas há grandes chances de esse documento não significar absolutamente nada a ele, por falta de compreensão sobre as informações.

E aí entra o papel do contador: traduzir as informações e dar dicas simples sobre o controle de fluxo de caixa. Segmentar as despesas em ordinárias e extraordinárias, por exemplo, é uma medida simples e eficiente. Com pequenas atitudes, o empresário consegue fazer uma boa gestão e enxergar a importância da contabilidade em sua rotina.

Entrega de obrigações acessórias

Dentre as rotinas mais conhecidas em uma empresa, está o papel da contabilidade em sua versão mais conhecida: a entrega de obrigações acessórias. Esse é um dos principais serviços pelos quais os contadores são procurados. Apesar de ser burocrático e não demonstrar tanto a importância da contabilidade para as empresas, ele é essencial. Qualquer escritório presta esse serviço e há, inclusive, soluções tecnológicas que auxiliam na tarefa.

Entregar obrigações acessórias dentro do prazo é uma forma de garantir que a empresa esteja em dia com a Receita Federal, o que evita a imposição de sanções e multas. Ainda que ela demonstre pouco a importância da contabilidade, o cliente sabe que isso precisa ser feito. 

O papel do contador, neste ponto, pode ir além de cumprir a obrigação. O profissional pode demonstrar que não é somente a pessoa responsável pela parte chata do negócio. É possível apontar como essas obrigações geram informações importantes que constarão em relatórios gerenciais de tomada de decisões.

Planejamento tributário

Outro papel do contador em uma empresa é realizar o planejamento tributário. Com esse plano, encontra-se uma maneira legal de pagar menos tributos a partir da opção pelo regime tributário mais indicado para o cliente. Apesar de o senso comum acreditar que o Simples Nacional é a melhor opção até que se atinja o limite, nem sempre isso ocorre. Por isso, é importante contar com um profissional para realizar uma análise detalhada da empresa e escolher o melhor enquadramento.

Pelo fato de o faturamento mudar conforme o tempo, é importante ter o auxílio do contador na rotina empresarial para avaliar periodicamente o planejamento tributário. Vale destacar a importância da contabilidade neste ponto, pois gera uma grande economia para o negócio.

Auxílio no planejamento estratégico

A cada fim de ano, o empresário faz uma análise geral de seu negócio, indo muito além do balanço financeiro. Quais metas foram atingidas? Como ficou o balanço patrimonial? Será preciso refazer o enquadramento tributário? Todas essas questões passam pela gestão financeira e, consequentemente, entram no papel da contabilidade.

Neste cenário, o planejamento estratégico é todo revisto para que a empresa acerte os caminhos que deve seguir. E ninguém melhor do que o contador para avaliar todas as informações contábeis e financeiras, auxiliando o gestor a fixar metas e objetivos possíveis, bem como a corrigir erros cometidos.

Metas de vendas, análise de mercado, nicho que gera mais retorno financeiro, plano de ação para atingir resultados. Tudo isso será considerado na hora de fazer o planejamento, e com o auxílio do contador, o empresário consegue elaborar algo condizente com a realidade financeira e contábil da empresa.

Como o contador pode transformar a realidade de uma empresa?

Como o contador pode transformar a realidade de uma empresa?

Basta dar uma olhada para as rotinas contábeis nas empresas e perceber o importante papel do contador. Ele é o profissional de auxílio direto na tomada de decisões. É quem, na prática, demonstra a importância da contabilidade. Inclusive, você sabia que o Nucont nasceu de um questionamento sobre a importância da contabilidade para as empresas?

Muitos consultores empresariais acreditam que a ciência contábil não serve para nada. Mas o Nucont é a clara demonstração de que a contabilidade é a ciência da riqueza. Com uma verdadeira contabilidade, é possível tirar uma empresa em condição de insolvência para uma condição de prosperidade. E esse é o papel da contabilidade e do contador.

Com a análise de números e indicadores da empresa é possível traçar um diagnóstico fiel do negócio. E é a partir desse levantamento que o contador assume o papel de médico das empresas. A analogia é simples. O médico não para no diagnóstico. Ele precisa também passar o tratamento correto.

O médico analisa seus exames e explica os efeitos de manter um colesterol alto. Por isso, indica a necessidade de reduzi-lo por meio de atividades físicas e sugere um acompanhamento mensal. 

O contador explica para o empresário a importância de separar as finanças pessoais das finanças empresariais e orienta como isso pode ser feito. É quem diz para renegociar os prazos com os fornecedores, pois identificou que o ciclo financeiro está muito alto. Ou quem aponta que é preciso melhorar a Margem de Contribuição para que as contas fechem.

É a aplicação da Contabilidade Consultiva. E essa é a melhor maneira de transformar a realidade de uma empresa.

Contabilidade Consultiva

No conceito do Professor César Abicalaffe, pai da Contabilidade Consultiva, a Contabilidade é uma ferramenta de tomada de decisão. Fernanda Rocha, empresária contábil, entende que a Contabilidade Consultiva “é o modelo de negócios em que o contador tem como foco o relacionamento com o cliente e utiliza a Contabilidade para diagnosticar e cuidar da saúde financeira de pequenas empresas”.

Ou seja, é exatamente o modo que o contador tem para transformar positivamente a realidade de uma empresa. É demonstrar a importância da contabilidade com ações, levando os empresários à riqueza e à prosperidade. 

Como pontuamos no início do texto, o contador tradicional burocrata não consegue demonstrar valor. E isso ocorre, porque ele se limita a entregar balancete. Na Contabilidade Consultiva, o trabalho do real contador começa aqui, porque existe a necessidade de analisar e traduzir as informações contábeis para os empresários. O papel do contador neste caso é fazer a ponte entre a informação técnica e a gestão do negócio. 

É encarar o balancete como exigência formal e como fonte de informações valiosas. A análise e a interpretação de dados contábeis é a verdadeira transformação para um negócio. Nestas situações, o contador pode identificar insolvência financeira, riscos de falência e outros problemas que podem prejudicar o empresário. Com essas informações, é possível agir preventivamente.

Se você quer entender como a aplicação da Contabilidade Consultiva se desdobra na prática, veja alguns vídeos do canal Contabilidade Sem Chatice (#CSC), em que Fernanda Rocha compartilha suas experiências como cientista da riqueza.

A Contabilidade Consultiva demonstra a importância da contabilidade ao gerar um valor de forma evidente ao empresário, permitindo-o tomar decisões fundamentadas. Para profissionais que têm dificuldade em transmitir o conhecimento em uma linguagem acessível ao empresário, o Nucont pode ajudar.

Nucont

A aplicação prática da Contabilidade Consultiva precisa demonstrar resultados, certo? Para que o empresário enxergue a importância da contabilidade, deve entender o que o contador quer dizer a respeito da análise das informações contábeis. Afinal, como dissemos, ele pode não entender informações e indicadores financeiros. Por isso, o papel do contador é ser um parceiro de negócios inclusive na hora de conversar com o dono do negócio. 

O Nucont surgiu com a proposta de fazer essa ponte entre contador e empresário. É uma ferramenta tecnológica essencial para gerar valor contábil com contabilidade consultiva. Por meio dela, você pode oferecer a seu cliente gráficos e indicadores visuais que traduzem a contabilidade para a linguagem de um gestor. Ou seja, ao invés de enxergar números que nada dizem, ele enxerga um painel gerencial. 

O Nucont também possui uma inteligência artificial (Nanda) que ajuda os contadores a analisar automaticamente dados contábeis e financeiros, bem como a gerar insights de negócios das empresas.

Se você acredita que o papel do contador é ser um parceiro de negócios, o Nucont é uma ótima ferramenta para ajudá-lo nesta atividade.

Nucont

A importância da contabilidade pode ser evidente para nós, profissionais. Mas os donos de negócio nem sempre enxergam que o papel do contador é fundamental para a prosperidade econômica. E cabe a nós, contadores consultivos, mostrá-los o papel da contabilidade, a importância do contador e tudo que podemos fazer para ajudá-los a alcançar prosperidade e sustentabilidade financeira.

Você não tem dúvidas de que pode transformar positivamente a realidade da empresa. Mas sabe que precisa demonstrar valor a seus clientes para que eles também entendam a importância da contabilidade. A melhor forma é estar por perto, sendo um parceiro de negócios na prática, aplicando a contabilidade consultiva e adotando ferramentas, como o Nucont, que podem levar seu trabalho a outro patamar.

Que tal conhecer o dashboard da nossa ferramenta?

Deixe um Comentário

  • […] qualquer momento, com ou sem crise, a organização da contabilidade da empresa é uma tarefa difícil. No entanto, com a crise, o cuidado e a atenção nos dados colhidos são […]

  • >
    >