Contabilidade Consultiva

Como atuar com assessoria contábil de forma eficiente?

20 out

Seu escritório presta assessoria contábil a uma empresa. No entanto, percebe que o empresário não enxerga valor em seus serviços. Mesmo acreditando que você é bom no que faz, é preciso se atentar a esse feedback implícito. E uma pergunta que ajuda a identificar o problema é: Estou prestando uma assessoria contábil eficiente?

Estratégias de marketing digital para você aplicar em seu escritório contábil

Neste kit, você encontrará métodos que te ajudarão a vender seus serviços contábeis. Desde o Marketing Digital (emails e redes sociais) até métodos de proposta!

Se você, contador, não sabe como atuar de forma eficaz ao oferecer esses serviços, não saberá responder à pergunta. Por isso, mostramos neste texto o conceito e as melhores práticas de assessoria contábil para você avaliar seu trabalho. Ao final, certamente você conseguirá otimizar suas atividades e entregar valor aos clientes.

Confira!

Assessoria contábil

A assessoria contábil é o serviço que interpreta e analisa fatos financeiros, contábeis e fiscais da rotina empresarial. Seu maior objetivo é manter, controlar e aprimorar a saúde das finanças de um negócio. Para tanto, o profissional responsável pela assessoria deve se envolver operacionalmente na atividade em todas as etapas. A atuação do assessor desde a elaboração do projeto até sua execução é a forma de identificar problemas e interferir para solucioná-los.

De forma resumida, o assessor não atua somente com os documentos fiscais emitidos. As informações que constam nesses documentos são importantes, mas eles não dizem muito para o empresário. Assim, o profissional precisa realizar uma análise precisa e mais coerente para o dono do negócio. A partir daí, conseguem traçar estratégias conjuntamente para uma gestão de recursos mais eficiente.

Ao deter informações valiosas da rotina empresarial, o assessor contábil proporciona muitas vantagens ao negócio. Em especial:

  • Maior eficiência na gestão das finanças: ao contar com um assessor que traduz as informações, o empresário passa a ter maior controle e visibilidade sobre seus recursos financeiro;
  • Redução dos custos do empreendimento: boas práticas de assessoria contábil, como o planejamento tributário, podem reduzir legalmente a incidência de tributos no negócio. Afinal, ele aponta o melhor enquadramento de regime tributário, bem como eventuais créditos e isenções fiscais;
  • Aumento da competitividade no mercado: a melhor gestão financeira e a redução de custos proporciona ao negócio ter maior margem de lucro e mais recursos para investir em sua atividade. Isso dá ao empresário um poder de fogo maior no mercado. Além disso, com mais visibilidade sobre os dados empresariais, é possível tomar decisões mais fundamentadas e seguras, o que otimiza toda a gestão empresarial.

No entanto, como pontuamos acima, essas vantagens só aparecem quando o contador adota boas práticas de assessoria contábil.

Melhores práticas de assessoria contábil

Melhores práticas de assessoria contábil

A assessoria contábil em uma empresa envolve muitos setores. Ela dá suporte direto à gestão financeira, mas isso depende de planejamento tributário e rotinas fiscais. Da mesma forma, é preciso se atentar às questões trabalhistas. Em suma, os profissionais lidarão com uma burocracia enorme, próprio do país mais burocrático do mundo. Sem eles, a empresa não conseguiria manter e expandir suas atividades.

Não à toa, boa parte dos empresários manifestam sua aversão quando se fala em contabilidade empresarial. Na cabeça deles, é pura burocracia. E, felizmente, você, contador consultivo que presta assessoria contábil, pode mudar essa ideia com boas práticas. Veja a seguir. 

Realizar trâmites em repartições

Muitos processos empresariais exigem trâmites junto às repartições públicas. É o caso de operações de fusão, cisão e incorporação de sociedades, a renovação de alvarás ou a abertura e o encerramento de empresas. Esses trâmites demandam assessoria contábil, e o profissional de contabilidade será fundamental. 

Essa é uma atividade básica para o contador, mas que é muito trabalhosa para o empresário. Imagine a abertura de uma empresa. O sócio não precisa somente de alguém para realizar a parte burocrática. Ele precisa de um auxílio profissional para orientar sua escolha quanto ao melhor tipo de empresa, regime tributário e código de atividades. 

Em outras palavras, todos os trâmites em repartições devem ser assumidos pelo contador para resolver as dores de seus clientes.

Fazer os procedimentos fiscais, contábeis e tributários

Em uma assessoria contábil eficiente, o empresário espera que o profissional realize o básico em primeiro lugar. A burocracia faz parte da rotina do contador, e os procedimentos fiscais, contábeis e tributários devem ser feitos dentro do prazo.

A escrituração contábil, que organiza os documentos comprobatórios e registros de entradas e saídas, é obrigatório para boa parte das empresas. A implantação do SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) em 2007 facilitou a vida do empresário, e o registro contábil pode ser enviado online para os órgãos públicos responsáveis.

Para que tudo seja feito da forma correta, a assessoria deve organizar os dados para cumprir tais procedimentos. Selecionar os dados necessários, fazer a conciliação bancária e conferir débitos e créditos são atividades essenciais para tanto. 

Além disso, não é possível esquecer a importância do planejamento tributário e fiscal. A empresa deve saber exatamente o que pagará de tributos ao longo do ano para se planejar financeiramente. E a assessoria contábil deve auxiliar o gestor a escolher o regime tributário menos oneroso para conseguir economizar custos. 

Auxiliar o departamento de recursos humanos

Um dos pontos mais sensíveis para um empresário é realizar uma boa gestão de pessoas. O departamento de recursos humanos é um grande aliado neste ponto, pois a remuneração é sempre uma questão relevante na hora de valorizar um profissional. No entanto, em tempos de crise, o desligamento de funcionários se torna comum. Seja na contratação ou na demissão, há processos complexos, que envolvem as finanças.

Por isso, a assessoria contábil deve prestar um auxílio eficiente nas formalidades de registro e de desligamento. Os cálculos trabalhistas são complexos, e tudo deve ser pago corretamente para evitar processos trabalhistas no futuro. 

Além do cálculo de quitação, os contadores podem prestar o serviço de processamento da folha de pagamento. Emissão de contracheques, guias de INSS e FGTS, apuração de encargos, pró-labores de sócios, dissídios coletivos, controle de férias, imposto de renda retido na fonte e outras tarefas podem ser assumidas pela assessoria contábil.

As obrigações acessórias que dizem respeito ao pessoal (inclui obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas) são:

  • DCTF – Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais;
  • CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados;
  • DIRF – Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte;
  • MANADA – Manual Normativo de Arquivos Digitais;
  • CTPS – Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • RAIS – Relação Anual de Informações Sociais;
  • CAT – Comunicação de Acidente de Trabalho;
  • GFIP – Informações à Previdência Social;
  • PPP – Perfil Profissional Previdenciário;
  • QHT – Quadro Horário de Trabalho;
  • GPS – Guia da Previdência Social;
  • Guia de Recolhimento do FGTS;
  • Livro de registro do empregado;
  • Comunicação de Dispensa;
  • Folha de pagamento.

Prestar consultoria em gestão financeira

Falar de assessoria contábil é falar de gestão financeira eficiente. Esse é um dos serviços prestados pelos contadores que são mais valiosos para uma empresa. E não é uma questão de ter proatividade para executar esse serviço. Trabalhar em prol da saúde financeira empresarial é o cerne da Ciência Contábil.

Quais são os pontos fracos do negócio no que tange finanças e tributos? Quais as mudanças ou melhorias que podem tornar a empresa mais produtiva e rentável? Essas perguntas ajudam o contador a atuar com uma contabilidade mais estratégica e menos burocrática. Os serviços de consultoria em gestão financeira é a forma de entregar mais valor aos clientes.

Para tanto, será preciso fazer um diagnóstico completo da situação financeira. Dados contábeis, balanços, índices e análises aprofundadas dos resultados podem contribuir para o gestor tomar boas decisões. É o que o empresário espera do contador na assessoria contábil. 

A título exemplificativo, a pesquisa Relação das MPE com os contadores do SEBRAE, realizada em 2016, aponta que mais de 75%  dos empresários querem os serviços de planejamento tributário do negócio, recomendações para melhorar o negócio, e relatórios de desempenho e diagnósticos. É ou não um campo de atuação valorizado para prestar assessoria contábil?

Atuar na contabilidade de custos

Por fim, decorrente da consultoria gestão financeira é a contabilidade de custos. Isso nada mais é do que a compreensão sobre quais são os gastos de uma empresa e como eles se dão. A partir desse entendimento, o contador propõe estratégias de redução de custos sem redução da produtividade.

Boas práticas de formulação de preços, que consideram custos fixos e variáveis, indiretos ou ocultos, são bons exemplos em que o contador pode atuar. A tarefa da precificação é um ponto complicado para o empresário, e um contador experiente pode ajudar muito nesta atividade. Assim, a assessoria contábil servirá como uma parceira importante para alavancar os lucros da empresa.

Erros mais cometidos pelos profissionais de assessoria contábil

Erros mais cometidos pelos profissionais de assessoria contábil

Os erros cometidos pelos profissionais de assessoria contábil podem trazer muitos prejuízos à empresa. Dentre eles, podemos destacar a falta de subsídios às decisões, o maior gasto com tributação e os problemas com declarações inexatas. Por isso, pontuamos alguns erros cometidos ao prestar assessoria contábil empresarial.

Confiar na validação dos programas validadores de dados

Os programas validadores de dados disponibilizados pelos órgãos fiscalizadores brasileiros podem ser um perigo. Inserir dados, enviar documentos digitais para transmitir as obrigações acessórias e outras tarefas são comuns. E esses softwares até emitem alertas de falhas com a inserção de dados errados. No entanto, seus documentos podem ser validados com conteúdo errôneo. O programa permite a importação de arquivos sem avaliar o conteúdo, basta que sigam as regras de leiaute. 

A qualidade dos dados é fundamental para garantir a assessoria contábil eficiente. Por isso, não confie cegamente na validação desses programas.

Negligenciar os princípios contábeis

Os princípios contábeis são base de aplicação de milhares de regras contábeis. Aplicá-los não é mera formalidade, mas uma necessidade no sentido de garantir a saúde empresarial. Se o princípio da entidade impõe deve ocorrer o registro de fatos referentes ao patrimônio, não é possível registrar contas pessoais do sócio. E isso não é negociável. Caso aconteça, só trará problemas aos gestores na hora de identificar as despesas do negócio. A tão sonhada redução de custos não acontecerá.

Por isso, é preciso ter em mente a aplicação dos princípios contábeis para tirar o máximo da assessoria contábil.

Não adotar a tecnologia

O domínio da tecnologia aplicável ao campo de trabalho é fundamental para um profissional produtivo. O tempo de um assessor contábil é valioso. Por isso, muitos contadores ainda cometem o erro de não utilizar soluções tecnológicas para otimizar suas atividades

E não falamos somente de organização de agenda e ferramentas de colaboração. Existem muitos programas específicos de Contabilidade que aumentam a qualidade do serviço prestado, além de reduzir gastos e conferir mais segurança à atividade. Agilizar as rotinas contábeis é muito importante. Importação automática de arquivos, conciliação conta bancária e regularização contábil são apenas algumas funcionalidades das diversas ferramentas disponíveis.

Se você não adota a tecnologia, como terá tempo suficiente para ser um parceiro de negócios do seu cliente?

Contabilidade Consultiva: assessoria contábil na prática

Você se considera um profissional que vai além da burocracia, certo? Então estamos falando de alguém que não presta uma assessoria contábil que se limita ao cumprimento das obrigações tributárias e fiscais. Quando falamos de Contabilidade Consultiva, é por esse caminho que seguimos.

A Contabilidade Consultiva é um exemplo perfeito de assessoria contábil eficiente, baseada em um método científico. Ela cumpre importante papel ao controlar e interpretar movimentações e decisões financeiras, fiscais e contábeis de uma organização. É ela quem traduz os dados em relatórios gerenciais que apoiam as decisões dos empresários. Isso significa amparar o empreendedor com uma visão ampla e global de resultados. É, assim, uma assessoria contábil estratégica.

O foco da Contabilidade Consultiva é ajudar o empresário na tomada de decisão com o objetivo de melhorar a saude da empresao relacionamento com o cliente. É atuar de forma próxima aos empresários para diagnosticar e cuidar da saúde das empresas, levando-as à riqueza e à prosperidade. Para tanto, se baseia na análise e na interpretação de dados contábeis contidos no balancete.

A partir disso, conseguirá identificar a situação empresarial, interferindo de forma ativa para impedir ações errôneas e fomentar ações que geram valor. Sabe a informação que está “escondida” no balancete aos olhos do empresário? É ela que será traduzida por você para uma linguagem empresarial, de modo que seu cliente consegue compreender a real situação da empresa.

Você poderá transformar profundamente a vida de seus clientes, gerando valor à empresa. Reduzir falhas nos processos contábeis será apenas uma de suas tarefas. A mais importante será trabalhar para o crescimento espontâneo do negócio, demonstrando o valor do serviço contábil.

Por isso, os contadores devem adotar as melhores práticas ao ofertar esse serviço, além de evitar os erros comuns que são cometidos. O mais importante é pensar sempre em atuar de forma relevante, auxiliando o empresário a obter bons resultados contábeis, financeiros e patrimoniais. É essa, inclusive, a premissa da Contabilidade Consultiva.

Conheça os 6 pilares da Contabilidade Consultiva e veja como ela pode fazer a diferença!

Deixe um Comentário

>
>