eSocial para contadores: o que muda e como se adaptar?

Publicado por Kadu em

eSocial para contadores

O mercado está se modernizando cada vez mais, e a tecnologia vem para tornar a rotina dos profissionais cada vez mais prática e segura.

Com o mundo contábil não é diferente: a tecnologia está se tornando uma realidade para os escritórios, e precisamos falar sobre isso.

O eSocial chegou na vida dos contadores no início de 2018, e ainda existem dúvidas e questionamentos sobre como esse processo irá influenciar na carreira desses profissionais: com tantas facilidades e praticidades, como a classe de contadores irá trabalhar?

No artigo de hoje vamos falar sobre o eSocial para contadores, explicando o que é a plataforma, como ela funciona, quais são suas vantagens, desvantagens e, principalmente, como se atualizar e se transformar no contador do futuro a partir de agora.

Continue a leitura.

O que é eSocial e como ele atua?

eSocial para contadores

O eSocial surgiu como uma iniciativa do Sistema Público de Escrituração Digital, envolvendo a Receita Federal, Caixa Econômica Federal, Ministério do Trabalho e INSS, para consolidar as obrigações acessórias da área trabalhista em um só lugar.

As obrigações acessórias trabalhadas no eSocial são:

ObrigaçõesO que são
GFIPGuia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social
CAGEDCadastro Geral de Empregados e Desempregados para controlar as admissões e demissões de empregados sob o regime da CLT
RAISRelação Anual de Informações Sociais
LRELivro de Registro de Empregados
CATComunicação de Acidente de Trabalho
CDComunicação de Dispensa
CTPSCarteira de Trabalho e Previdência Social
PPPPerfil Profissiográfico Previdenciário
DIRFDeclaração do Imposto de Renda Retido na Fonte
DCTFDeclaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
QHTQuadro de Horário de Trabalho
MANADManual Normativo de Arquivos Digitais Folha de Pagamento
GRF e GRRFGuia de Recolhimento FGTS e a Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS
GPSGuia da Previdência Social
FPFolha de Pagamento

O sistema começou a funcionar no início de 2018, e as primeiras empresas que participaram dessa atualização foram aquelas que faturam aproximadamente 78 milhões por ano.

Os sistemas agora são integrados, e todos os dados serão disponibilizados em uma única plataforma, objetivando a agilidade e a segurança das informações.

O que mudou com o eSocial?

eSocial para contadores

Toda mudança traz desconfortos. Os contadores brasileiros já estão sentindo na pele as mudanças proporcionadas pela implementação do eSocial.

Por isso, é preciso que você entenda quais são as principais mudanças do projeto, descobrindo como adequar sua atuação a essa nova realidade:

  • folha de pagamento digital;
  • livro de registro de empregados feito por vias eletrônicas;
  • arquivos entregues à fiscalização por vias eletrônicas;
  • informações sobre o imposto de renda retido ficarão disponíveis diretamente no sistema;
  • quadro de horários;
  • guias de recolhimento do FGTS geradas na própria plataforma;
  • comunicação sobre acidentes de trabalho dentro da própria plataforma;
  • fim da obrigatoriedade da declaração anual da RAIS;
  • comunicado de dispensa acontecerá dentro do eSocial;
  • declaração do DCTF dentro da plataforma; etc.

eSocial para contadores: como entregar as informações?

Para enviar os dados do eSocial, é preciso utilizar um webservice. Trata-se de uma ferramenta que irá integrar o seu sistema de geração de folhas de pagamento com o banco de dados do Fisco. 

Essa integração tornará muito mais rápida a prestação de contas de folhas de pagamento, admissões, demissões, férias e outros detalhes da área previdenciária.

As informações enviadas serão centralizadas na DCTF Web, a plataforma de Declaração de Créditos Tributários Federais.

As dificuldades e o posicionamento dos contadores

Algumas das mudanças provenientes pelo eSocial, no entanto, não agradaram os contadores.

Trouxemos um vídeo da Fernanda Rocha, onde são discutidas essas dificuldades enfrentadas e o novo posicionamento dos contadores a respeito das mudanças.

Confira:

Quais são os benefícios do esocial?

eSocial para contadores

Apesar do estranhamento que o projeto está gerando entre os contadores, alguns benefícios são inegáveis para o setor contábil.

E é de se entender. Afinal, o volume de trabalho será diferente, e o correspondente financeiro muitas vezes não existe.

No entanto, precisamos analisar essa nova realidade por uma outra ótica: vamos identificar agora quais são os benefícios que os contabilistas podem ter com a implementação do eSocial.

Mais segurança e praticidade no dia a dia

Uma das principais vantagens do uso do eSocial é a segurança garantida no dia a dia, uma vez que os contadores enviarão os documentos diretamente para o projeto, e empresas como Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS), Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Receita Federal do Brasil (RFB) e Caixa Econômica Federal poderão analisar os dados enviados através do sistema.

A segurança através do envio de informações em formato online é uma realidade. É possível, com o uso dessas plataformas, garantir não só a proteção desses dados como também atestar sua confiabilidade e veracidade.

O eSocial permite que uma série de dados sejam enviados através das plataformas, com confiabilidade garantida pelas certificações digitais.

São alguns deles: 

  • declaração do imposto de renda de pessoa jurídica;
  • escrituração contábil;
  • escrituração fiscal;
  • apuração de tributos; etc.

Treinamentos para a equipe

Os contadores que possuem conhecimentos específicos a respeito do eSocial poderão oferecer serviços de treinamento e reciclagem para as equipes de seus clientes.

Muitas vezes, nos deparamos com profissionais internos que não estão habituados com a plataforma, o que poderá trazer alguns imprevistos ao longo do caminho.

Nesse contexto, é papel do contador auxiliar esses profissionais para garantir que as informações sejam enviadas corretamente, quando necessário.

Agilidade no dia a dia

Os contadores acostumados a utilizar sistemas de transmissão de dados antigos sabem que vários eram os erros e complicações gerados por aquelas plataformas.

As plataformas antigas costumavam ser limitadas, com pouquíssimo suporte, além de exigirem uma série de aplicativos e softwares auxiliares para funcionarem corretamente.

Hoje, com o eSocial, trabalhamos com um sistema diferenciado que torna o processo de troca de informações muito mais ágil e simples: ele foi criado pensando na qualidade das informações apresentadas, na praticidade para os setores contábeis e na segurança entre as transações.

Redução do uso de papel

Além disso, também devemos considerar a redução dos papéis que são emitidos e gastos dentro dos escritórios: com a plataforma digital, reduzimos a papelada e conseguimos transformar os escritórios contábeis muito mais ecologicamente corretos.

Quais são as desvantagens do eSocial para contadores?

eSocial para contadores

Tudo tem dois lados, e com o eSocial não seria diferente.

Ao mesmo tempo que o projeto traz benefícios e facilidades para a classe contábil, ele também dificulta o trabalho desses profissionais em alguns quesitos.

Se analisarmos as tarefas do contador dentro do projeto eSocial, as entregas da contabilidade praticamente se resumem às obrigações acessórias – e sabemos que essa não é a totalidade do serviço contábil.

Infelizmente, com o passar do tempo, o contador assumiu uma função de “calculador” de impostos, emissor de guias e entregador de declarações, o que reduz consideravelmente o tempo disponíveis e a valorização do trabalho completo de contabilidade: uma ferramenta fundamental para a saúde das empresas.

O eSocial é uma obrigação das empresas, mas na prática quem absorve tudo o que tange essa nova demanda é a classe contadora.

Dessa forma, os contadores não conseguem repassar o restante do trabalho para seus clientes, o que resulta em prejuízos para as duas classes: de um lado, os empresários precisam lidar com altos custos. Do outro, os contadores, que estão atolados com entregas do eSocial e não conseguem entregar o que gostariam.

Essas desvantagens geraram uma grande comoção dentro da classe contadora.

Confira o vídeo da Fernanda Rocha falando sobre o tema:

O que foi a Audiência do eSocial?

A audiência pública do eSocial foi organizada pelo deputado Alexis Fonteyne, e tinha objetivo de discutir sobre os impactos negativos do eSocial na economia brasileira. 

Inúmeras figuras importantes da Contabilidade foram convidados a participar da importante discussão.

E nesse encontro, surgiu uma das declarações mais marcantes: A de Sergio Contente. 

Sergio fez um desabafo caloroso em relação a toda burocracia estatal.

“ Eu amo a burocracia, eu vivo disso! Mas, você estão dando uma dose cavalar de açúcar a um diabético! Empresas terão que fechar portas, meus clientes estão desistindo!”

Sergio Contente

Veja a declaração completa nesse vídeo:

eSocial para contadores: quais mudanças aconteceram na área contábil?

eSocial para contadores

O governo tem trabalhado para levar os processos burocráticos para as plataformas digitais.

A estratégia parece uma excelente alternativa, mas para que isso realmente seja factível, é preciso que os escritórios contábeis adequem suas rotinas e atendam às novas demandas.

No primeiro momento, a apresentação do eSocial causou muito incômodo para empresários e contadores. No entanto, essa nova rotina promete trazer impactos positivos à longo prazo para os escritórios de contabilidade.

Conheça alguns dos impactos dessa implementação:

Estrutura tecnológica para prestação de serviço 

Sem dúvidas, a mudança da estrutura na prestação de serviços será de grande impacto. 

O que antes era um escritório recheado de documentos, hoje precisa ser um local moderno, com bons equipamentos e tecnologia. É preciso garantir o uso de uma excelente infraestrutura de rede, servidores, segurança de dados e internet de qualidade.

Quando pensamos no montante, os números são incríveis: serão mais de 80 mil escritórios contábeis transmitindo um grande número de informações através das plataformas virtuais. 

É um grande passo para a modernização do país e, sem dúvidas, uma revolução no mercado.

Mudança na troca de informações

Uma mudança muito expressiva será na troca de informações no dia a dia.

Esse é o detalhe mais delicado do eSocial: a rotina dos escritórios de advocacia irá mudar bruscamente.

A maior parte dos empregadores (mais de 10 milhões) possuem suas folhas de pagamento processadas mensalmente por contadores, de acordo com dados fornecidos pela Receita Federal. 

Para que as empresas estejam dentro das conformidades, será fundamental que os profissionais contábeis e seus clientes estejam devidamente alinhados a respeito dos novos processos, evitando assim possíveis penalidades.

Esse é um dos maiores desafios para o setor contábil. 

Para que essa troca de informação flua da melhor maneira possível, será necessário utilizar sistemas cada vez mais eficazes, garantindo assim a fluidez dessas informações e a organização dos arquivos.

Mudança nos prazos

Os prazos são diferentes com o eSocial: a transmissão de relatórios dentro do sistema acontecerá de forma muito mais ágil.

Questões como rescisões e contratações precisam ser informadas diariamente, para que não existam penalidades de acordo com os novos prazos.

Além disso, a folha de pagamento precisa ser informada até o dia 7 do mês subsequente. As alterações de salário também exigem agilidade: deverão ser informadas no dia seguinte ao acontecimento.

Essa mudança nos prazos altera, de forma drástica, a rotina dos escritórios contábeis, uma vez que será necessário sempre ter as informações em mãos para fazer as atualizações dentro do prazo.

Para que isso seja possível, é fundamental ter um diálogo direto, próximo e eficiente com seus clientes, evitando atrasos na entrega de informações e mantendo as empresas sempre em dia com suas obrigações fiscais.

Como os contadores podem se adaptar ao eSocial?

eSocial para contadores

A chegada do esocial foi turbulenta para o mundo contábil. Sem dúvidas, muitos contadores tiveram receio do futuro dentro da profissão. 

No entanto, nada está perdido: mesmo que a tecnologia esteja transformando a forma de lidar com as questões fiscais das empresas, existe um novo papel que precisa ser assumido pelo setor contábil, o consultor!

É preciso que os escritórios de contabilidade estejam preparados para auxiliar seus clientes e orientá-los a respeito das novas formas de declaração e entrega de informações ao Fisco.

Por isso, quanto mais próximo do cliente o contador for, mais fácil será mostrar o valor e a importância de uma consultoria e suporte profissional para os assuntos fiscais.

Como, então, transformar a sua forma de atuação para se adequar às novas necessidades do mercado?

Consultoria para empresas

A consultoria contábil se tornou uma nova necessidade no mercado, e é um serviço que pode ser oferecido às empresas.

Essa proposta consiste em atualizar os clientes sobre o que precisa ser mudado com a implementação do eSocial, e como esse sistema irá afetar o dia a dia contábil daquele negócio.

O papel do contador contábil nessa nova realidade é de, justamente, apresentar o que precisa ser ajustado e como se manter sempre correto diante a lei. 

Ele irá ajudar a transformar a cultura organizacional da empresa, principalmente em relação ao Fisco e à gestão, diferenciando-se da concorrência e conquistando seu lugar nesse novo mercado.

Em muitos casos, pode ser necessário oferecer, além da consultoria, um treinamento para a equipe responsável pelo repasse das informações. 

Atente-se aos detalhes e garanta que essas pessoas estarão preparadas para lidar com a gestão de dados da melhor forma possível, garantindo a segurança e o cumprimento dos prazos fiscais.

Organização de novos processos

Uma outra oportunidade para os contadores é auxiliá-los na mudança de processos.

Com a implantação do eSocial dentro das empresas, alguns detalhes precisarão ser considerados, para garantir que todas as obrigações fiscais sigam da melhor forma possível. Isso certamente impactará nos processos internos da empresa.

Nessa realidade, o contador pode auxiliar seus clientes na organização dos novos processos. O primeiro passo é conscientizar esses empresários a necessidade de se adequarem às novas normas. 

Feito isso, é hora de trilhar o caminho da empresa para que ela se mantenha sempre atualizada, utilizando as ferramentas adequadas.

Lembre-se sempre da importância de indicar um bom sistema de gestão, adequado também ao eSocial, para garantir que as atividades do dia a dia aconteçam da melhor forma possível.

Especialização profissional

Como já foi dito, o eSocial trouxe muitas mudanças para as empresas, e os contadores precisam estar preparados para auxiliar os clientes e conseguir oferecer o suporte necessário para essas empresas.

Por isso, é interessante que os profissionais se especializem e invistam em cursos diversos para se capacitarem e estarem aptos para atuar no mercado de forma diferenciada.

A contabilidade consultiva permite que você, enquanto contador, tenha uma papel muito mais efetivo e atuante dentro das empresas.

Para que isso seja possível, é preciso se especializar em gestão empresarial, aprender a realizar uma boa análise de dados e aumentar o seu conhecimento de mercado. Dessa forma, você será capaz de atuar efetivamente dentro das empresas, entregando resultados mais efetivos.

Quais são os próximos passos?

eSocial para contadores

O eSocial, sem dúvidas, veio para revolucionar o mercado contábil e dar mais autonomia e segurança para as empresas.

Com benefícios marcantes, o projeto também é responsável por causar desconforto dentro da classe de contadores, que se encontram atolados e tarefas do eSocial, e possuem pouquíssimo tempo para executar seus outros papéis.

É preciso, além do fortalecimento de classe, encontrar as melhores alternativas para se trabalhar diariamente, atualizando-se e garantindo que você esteja por dentro de todas as tendências de mercado.
Quer aprender mais sobre o assunto e descobrir como se atualizar diante as novas demandas do mercado contábil? Baixe gratuitamente nosso ebook “O guia completo para você se adaptar às mudanças do mercado contábil”.


Kadu

Especialista em Marketing de Conteúdos, SEO e redação. Apaixonado por música, pela Contabilidade e por um mundo melhor. Ativo na luta contra todas as chatices da vida.

>