Contabilidade Consultiva

Como transformar sua carreira através da contabilidade consultiva?

02 mar

Responda estas perguntas: você tem paixão pela contabilidade, mas está sentindo que falta algo nos seus serviços? Tem a sensação de que poderia entregar mais aos seus clientes? Gostaria de encontrar um diferencial que realmente destacasse o seu escritório no mercado? 

Se respondeu sim a qualquer uma dessas perguntas, a Contabilidade Consultiva pode lhe ajudar!

Além de ser uma forma de ajudar os seus clientes a verdadeiramente alcançarem o sucesso com suas empresas, a Contabilidade Consultiva é uma maneira de transformar a sua carreira e trazer ainda mais valor aos seus serviços.

Resumidamente, consiste em uma forma de atuação na qual o contador trabalha mais próximo do cliente, indo além da parte burocrática da profissão e se posicionando estrategicamente para o crescimento dele.

Mas é importante que você saiba que a Contabilidade Consultiva vai muito além disso. Confira agora, em detalhes, quanto esse modelo de negócio pode ajudar você e os seus clientes em diferentes pontos.

O que é Contabilidade Consultiva?

Contabilidade Consultiva é um modelo de negócio no qual o contador atua de forma estratégica e próxima do cliente.

O objetivo é estreitar esse relacionamento e, com base na ciência da contabilidade, fazer um diagnóstico preciso da saúde da empresa, indicando qual o caminho mais adequado para o cliente alcançar o sucesso.

Na Contabilidade Consultiva, o papel do contador é cumprir com a parte burocrática do seu serviço, mas, principalmente, fazer uma boa análise dos resultados, interpretar, encontrar pontos de melhoria, e apresentar ao cliente de um modo que ele entenda.

A ideia é que o empreendedor veja todos aqueles números como a base para a tomada de suas decisões.

Em outras palavras, a proposta não é apenas gerar documentos contábeis, entregar e deixar que o cliente os “guarde na gaveta”, mas sim ajudar para que ele enxergue esses instrumentos como ponto de partida para o crescimento da empresa.

Entenda ainda melhor o que é Contabilidade Consultiva assistindo a este vídeo da Fernanda Rocha, especialista no assunto:

Na prática, como funciona a Contabilidade Consultiva?

A Contabilidade Consultiva visa entregar ainda mais valor ao cliente. Na prática, o contador identifica o que está gerando prejuízo para a empresa, ou quais pontos podem ser melhorados para aumentar a lucratividade, e transforma isso em soluções.

Ou seja, além de fazer o diagnóstico, cabe ao profissional contábil apontar para o cliente quais caminhos ele pode seguir para alcançar a riqueza.

É importante deixar claro que o seu papel não é resolver o problema, mas sim mostrar meios de como fazer isso.

É como se fosse um médico que prescreve ao paciente um remédio a fim de curar a sua dor. Porém, essa só vai passar se ele fizer o tratamento indicado.

Assim, com base em suas orientações, o cliente fica responsável pela criação e execução do seu plano de ação. Após, você fará um novo diagnóstico para verificar se as estratégias utilizadas deram os resultados esperados, ou não.

Por essa característica, a Contabilidade Consultiva é dividida em 6 pilares:

  • 1º pilar: método científico-contábil;
  • 2º pilar: contador protagonista;
  • 3º pilar: reposicionamento estratégico;
  • 4ª pilar: treinamento e prática;
  • 5º pilar: relacionamento com o cliente;
  • 6º pilar: tecnologia acessível.

1º pilar: método científico-contábil

Baseado na ciência da contabilidade, o 1º pilar da Contabilidade Consultiva é o que vai dar ao contador o direcionamento da sua atuação.

Por conta disso, ele é subdividido em 4 partes:

  • Contexto: etapa que tem por objetivo a observação dos acontecimentos que estão afetando a empresa do cliente, a fim de levantar hipóteses para solução;
  • Análise dos resultados: fase na qual é realizada uma análise do perfil financeiro, econômico e patrimonial da empresa;
  • Diagnóstico: consiste na sintetização da análise anterior com o propósito de reunir todos os problemas encontrados;
  • Prescrição: na última etapa o contador apresenta ao cliente quais são as possíveis soluções para as questões apontadas anteriormente, realizando também o acompanhamento do plano de ação estabelecido para solucionar esses problemas. 

2º pilar: contador protagonista

O 2º pilar da Contabilidade Consultiva coloca o contador em outra posição do relacionamento com o cliente. 

Nessa fase, ele deixa de ser o profissional que apenas cuida de questões burocráticas, fiscais e tributárias, e passa a ser peça-chave na estratégia para o  crescimento da empresa assistida.

3º pilar: reposicionamento estratégico

Complementando o pilar anterior, o 3º pilar da Contabilidade Consultiva orienta o contador a como se posicionar estrategicamente.

Neste ponto é preciso trabalhar três importantes questões relacionadas aos seus serviços e forma de atuação:

  • como vender os seus serviços, de modo que eles realmente se tornem atrativos e importantes;
  • adotar estratégias e ferramentas que ajudam a otimizar processos internos e também gerar o engajamento da sua equipe;
  • oferecer serviços contábeis diferenciados, que realmente coloquem o seu escritório de contabilidade em posição de destaque frente aos concorrentes.

4ª pilar: treinamento e prática

Sabemos que a área contábil está sempre sofrendo mudanças. São novas normas e legislações que surgem constantemente. Além disso, é preciso inovar na contabilidade para a sua atuação não se tornar obsoleta.

Por todos esses motivos, o 4º pilar da Contabilidade Consultiva reforça a importância de o contador estar sempre reciclando e aprimorando os seus conhecimentos, sejam eles técnicos, tecnológicos ou mesmo de relacionamento com o cliente.

5º pilar: relacionamento com o cliente

O 5º pilar da Contabilidade Consultiva trata justamente disso, do relacionamento com o cliente.

A ideia é se aproximar dos empreendedores que você atende, a fim de criar laços mais concretos e de confiança com eles.

Inclusive, ter tempo para visitar o cliente, fazer chamadas telefônicas mais constantes, ou mesmo reuniões virtuais periodicamente faz parte desse modelo de negócio.

6º pilar: tecnologia acessível  

Usar a tecnologia a favor do seu serviço é o foco do 6º pilar da Contabilidade Consultiva. Boas ferramentas e soluções que utilizam Inteligência Artificial são boas maneiras de realizar mais e melhores análises dos dados dos seus clientes.

Dica extra: conheça a NANDA, a assistente do contador do futuro!

Por que essa é a melhor alternativa para você?

Achou tudo muito interessante até agora? Mas talvez você deva estar se perguntando: “Por que mudar o meu modelo de atuação e passar a trabalhar com Contabilidade Consultiva?”

Bem, os motivos são inúmeros. Entre os que mais se destacam estão:

  • conquista de um verdadeiro diferencial competitivo;
  • entrega de mais valor aos clientes, gerando fidelização;
  • aumento do seu poder de atração;
  • redução de custos e aumento da produtividade;
  • aumento do seu faturamento.

Conquista de um verdadeiro diferencial competitivo

Encontrar um diferencial competitivo na contabilidade é, com toda certeza, um grande desafio. Afinal, os serviços contábeis não tem muitas mudanças e eles acabam não sendo atraentes para os clientes.

A única maneira de conquistar uma diferenciação nesse mercado é realmente entregar algo que nenhum outro escritório de contabilidade entrega: o caminho para o sucesso!

A contabilidade não é chamada de ciência da riqueza à toa. Quando bem trabalhada e aproveitada, é por meio dela que o cliente progride e alcança a prosperidade. Porém, se o contador trabalhar da forma “tradicional”, não vai conseguir direcionar o seu cliente para esse caminho, concorda?

A Contabilidade Consultiva é uma forma de se destacar nesse segmento, entregar algo a mais para os seus clientes e conquistar todas as vantagens que vamos explicar a seguir.

Entrega de mais valor aos clientes, gerando fidelização

Como mencionamos anteriormente, a Contabilidade Consultiva é uma maneira de entregar mais valor aos seus clientes.

Isso acontece porque você estará indo além da parte burocrática desse serviço e ajudando os empreendedores a realmente crescerem.

Quando os seus clientes conseguem enxergar a importância do seu serviço e quanto a sua atuação contribui para aumentar a rentabilidade dos seus negócios, se tornam fiéis ao seu trabalho.

É como se o seu escritório de contabilidade fosse um dos alicerces dessas empresas, ponto essencial para se manterem atuantes e rentáveis.

Aumento do seu poder de atração

Clientes satisfeitos tendem a fazer propaganda positiva das empresas e marcas que ajudam no seu crescimento e resolvem os seus problemas.

Esses mesmos clientes fiéis do seu escritório de contabilidade têm tudo para se tornarem divulgadores naturais dos seus serviços.

Isso quer dizer que os resultados que entregar a eles vai gerar bons resultados também para a sua empresa, pois contribuirá (e muito) para atrair novos clientes.

Redução de custos e aumento da produtividade

Um dos pontos fortes da Contabilidade Consultiva é aumentar a produtividade dos contadores. 

Relembrando, o 6º pilar desse modelo de negócio fala sobre o uso da tecnologia a favor dos seus serviços.

As ferramentas certas ajudam a automatizar tarefas que, até então, eram feitas manualmente e, com isso, permite atender mais clientes, em menos tempo, sem perder a qualidade.

Além de lhe dar mais tempo para se dedicar ao relacionamento com os seus clientes, ainda ajuda a reduzir custos e a diminuir as chances de erros e até de retrabalho.

Aumento do seu faturamento

Obviamente, a soma de todos esses pontos só poderia dar um resultado: o aumento do seu faturamento.

Clientes fiéis conquistados com a Contabilidade Consultiva também lhe dão a chance de, por exemplo, aplicar estratégias de upsell e, assim, aumentar o seu ticket.

A chegada de novos empreendedores amplia a sua base e eleva ainda mais o seu rendimento mensal.

Como se posicionar como contador consultivo?

Como se posicionar como contador consultivo?

Mas como tornar a Contabilidade Consultiva uma realidade no seu escritório e transformar a sua carreira?

Nossas dicas para isso são:

  • se torne um contador consultivo;
  • mude a maneira como os empreendedores veem a contabilidade;
  • venda resultados, e não apenas serviços.

Se torne um contador consultivo

Parece meio óbvio, mas o primeiro passo para trabalhar como contador consultivo é se tornar um.

Para fazer isso é preciso se especializar nessa forma de atuação, e a Universidade Nucont pode lhe ajudar nesse processo. 

Além dos cursos gratuitos, como o “5 passos para se tornar um contador consultivo” e o “Controladoria para Contadores”, temos também os complementares e o módulo Gestão Contábil 4.0, que são:

Complementares:

Gestão Contábil 4.0

Mude a maneira como os empreendedores veem a contabilidade

Os seus clientes precisam ver além de números, balancetes, guias e impostos, e a única pessoa que pode mudar isso é você. Mas para conseguir isso, a sua postura frente aos seus clientes também precisa mudar. 

Comece apresentando a eles a contabilidade como uma aliada para o crescimento de suas empresas, e não apenas como uma obrigação a ser cumprida.

Entre as estratégias que você pode usar para mudar a maneira como os seus clientes veem a contabilidade estão:

  • estreite o relacionamento com os seus clientes, com visitas, telefonemas ou reuniões periódicas;
  • aproveite esse momento para conhecer de maneira mais profunda as dores do seu negócio;
  • baseado nisso, apresente pontos de melhoria e estratégias que podem ser aplicadas para alcançar mais e melhores resultados.

Venda resultados, e não apenas serviços

Não venda balancetes, obrigações acessórias e cumprimento de leis, venda resultados! Como você pode fazer isso? Mostrando onde o seu cliente pode chegar com os seus serviços de Contabilidade Consultiva!

Para isso, não se esqueça de destacar o valor do seu trabalho, e não apenas o preço. É fundamental que o cliente entenda a diferença desses dois conceitos e que está pagando por algo que realmente vai acrescentar ao seu negócio.

Conhecer os diferentes perfis de clientes contábeis contribui bastante nesse processo, pois vai lhe ajudar a utilizar a abordagem e a linguagem certa com cada um deles.

E boas estratégias de vendas sempre são bem-vindas, concorda? Sobre isso, não deixe de ler estes artigos:

03 erros que você não deve cometer ao vender

Deixe um Comentário

>
>