Contabilidade Consultiva

Datas para não esquecer: calendário tributário mensal, semestral e anual dos contadores

08 fev

Organizar o calendário tributário mensal de todos os clientes pode ser uma loucura: os contadores vivem em uma rotina extremamente corrida, com diversas tarefas que precisam ser feitas pontualmente em dias específicos do mês.

Para não se bagunçar com tantas coisas e conseguir conciliar cada um dos seus afazeres, decidimos criar um guia para apresentar o calendário tributário mensal, semestral e anual do mundo contábil.

Assim, você consegue ter uma colinha para saber de que dia a que dia cada uma das entregas de guias e documentos precisam ser feitas.

Quer refrescar a memória e deixar sua rotina muito mais simples, prática e organizada? Papel e caneta na mão: é hora de anotar o dia de cada uma das entregas mais importantes do mercado contábil.

Calendário tributário mensal

Mensalmente, os contadores possuem responsabilidades tributárias ao longo das semanas. Cada uma delas é entregue dentro de um período, e podem se confundir.

Por isso, decidimos criar a tabela abaixo, com as obrigações mensais e seus respectivos prazos.

É importante que você tenha um controle de quais dessas obrigações são relacionadas aos sistemas tributários de cada um dos seus clientes.

Obrigação mensalPrazos
Folha de pagamentoDeve ser entregue entre os dias 01 e 07 do mês.
EFD ContribuiçõesDeve ser entregue no 10° dia útil do 2° mês subsequente.
EFD-ReinfDeve ser entregue todo dia 15.
eSocialDeve ser entregue no dia 15 ao mês subsequente ao de referência.
CAGEDDeve ser entregue até o dia 7 do mês subsequente ao mês de referência.
SEFIP/GFIPDeve ser entregue até o dia 7 do mês seguinte ao qual a remuneração foi creditada, paga ou devida ao trabalhador.
DCTFWebDeve ser entregue no dia 15 do mês seguinte ao da ocorrência.
DMEDeve ser entregue no último dia do mês subsequente.
DCTF MensalDeve ser entregue no 15° dia útil do 2° mês subsequente
Informações de operações com criptoativosDeve ser entregue até o último dia útil do mês-calendário subsequente ao período em que as operações com criptoativos ocorreram.
PGDAS (aos optantes pelo Simples Nacional)Deve ser entregue até o dia 20 do mês subsequente, e irá depender dos geradores ocorridos no mês que antecede o pagamento.


Uma dica para você: nós temos um podcast com vários conteúdos super interessantes e debates importantíssimos sobre o mercado contábil. 

Se você atua diretamente com empresas do Simples Nacional, ouça o episódio sobre como atender esse modelo de negócio com eficiência: 

https://open.spotify.com/episode/3RQrMsiTL5IwcDJX5WHep8

Calendário tributário semestral

Calendário tributário semestral

Duas vezes ao ano, as obrigações semestrais também precisam ser consideradas. Elas possuem o mesmo prazo de entrega e, por isso, é mais simples para se organizar.

Obrigação semestralPrazos
e-FinanceiraDeve ser entregue até o último dia útil de fevereiro a relação referente ao segundo semestre do ano anterior. Deve ser entregue até o último dia útil de agosto, a relação referente ao semestre anterior.
DECREDDeve ser entregue até o último dia útil de fevereiro a relação referente ao segundo semestre do ano anterior. Deve ser entregue até o último dia útil de agosto, a relação referente ao semestre anterior.

Calendário tributário anual

Uma vez por ano diversas obrigações tributárias são necessárias. Comumente, a entrega desses documentos acontece ainda no primeiro semestre do ano vigente.

É fundamental que você se organize para não esquecer de nenhuma delas.

Obrigação anualPrazos
Informações de operações com criptoativosDeve ser entregue até o dia 31/01
DIRFDeve ser entregue até o dia 28/02
DIMOBDeve ser entregue até o dia 28/02
DMEDDeve ser entregue até o dia 28/02
RAISDeve ser entregue até o dia 31/03
DEFISDeve ser entregue até o dia 31/03
ECDDeve ser entregue até o dia 29/05
ECFDeve ser entregue até o dia 31/07
DEFIS (aos optantes pelo Simples Nacional)Deve ser entregue até o dia 31/03
DASN SIMEI (aos optantes pelo Simples Nacional)Deve ser entregue até o dia 29/05

Como vimos nas tabelas, não são poucas as obrigações mensais, semestrais e anuais que um contador precisa atender. Quando pensamos em um escritório contábil com uma quantidade considerável de clientes, percebemos que manter esse calendário fresco na memória e com todas as documentações em dia não é tarefa simples.

Por isso, sempre sugerimos organizar as pendências por contadores e utilizar de plataformas eficientes para conseguir ter um controle muito mais claro do que está sendo feito e do que está pendente para cada conta atendida.

Além disso, também é necessário acompanhar as novidades do mercado e o que está acontecendo no Brasil e no mundo: em momentos como crises ou pandemia, por exemplo, pode ser que alguns desses tributos tenham seus prazos de entrega alterados. 

Quer aprender a melhorar sua rotina contábil e ter uma performance muito mais eficiente? Confira nosso artigo sobre 16 ferramentas para contadores que você precisa conhecer!

Deixe um Comentário

  • […] É comum que os contadores se sintam sobrecarregados com a quantidade de obrigações. […]

  • […] É comum que os contadores se sintam sobrecarregados com a quantidade de obrigações. […]

  • >
    >